CALANGOTANGO não é um blog do mundo virtual. Não é uma opinião, uma personalidade ou uma pessoa. É a diversidade de idéias e mãos que se juntam para fazer cidadania com seriedade e alegria.

Sávio Ximenes Hackradt

4.9.12


O consumidor brasileiro gasta, em média, R$ 112 por mês com produtos de beleza e higiene pessoal. O dado consta de um estudo divulgado nesta segunda-feira (3) pela consultoria de varejo GS&MD – Gouvêa de Souza.

UOL, em São Paulo

A pesquisa foi feita com 400 consumidores, sendo que 70% eram mulheres. Além disso, 32 comerciantes de farmácias, perfumarias e supermercados, entre outros canais de venda, também participaram da pesquisa.

O estudo considerou quatro faixas de gastos mensais com esse tipo de produto: até R$ 50 (gasto médio de 30% dos entrevistados); de R$ 51 a R$ 100 (40%); de R$ 101 a R$ 150 (10%); e acima de R$ 150 (20% do total).

Segundo os dados da GS&MD – Gouvêa de Souza, o setor faturou R$ 73,5 bilhões em 2011. Desse valor, 59,5% foram movimentado pela classe média emergente, de acordo com a consultoria.

O Sudeste concentrou quase metade do faturamento: R$ 34,1 bilhões. Em seguida, aparecem as regiões Nordeste (R$ 16,1 bilhões), Sul (R$ 11,1 bilhões), Centro-Oeste (R$ 6,4 bilhões) e Norte (R$ 5,9 bilhões).

Consumidor é fiel às marcas

O principal motivo que leva o consumidor a comprar esse tipo de produto é "sentir-se bonito", resposta dada por 43,5% dos entrevistados.

A pesquisa mostra que os consumidores se importam muito com a marca desses produtos. Segundo os dados, 72% só compram produtos de marcas conhecidas. Cerca de 77% dos consumidores, por exemplo, escolhem o desodorante pela marca.

A maior parte dos consumidores (81,5% do total) é fiel às suas marcas preferidas. A maioria usa os mesmos produtos há pelo menos dois anos. Ainda segundo o estudo, 80% fazem as compras sempre na mesma loja.

0 comentários:

Postar um comentário

Estação Música Total

Últimas do Twitter



Receba nossas atualizações em seu email



Arquivo