CALANGOTANGO não é um blog do mundo virtual. Não é uma opinião, uma personalidade ou uma pessoa. É a diversidade de idéias e mãos que se juntam para fazer cidadania com seriedade e alegria.

Sávio Ximenes Hackradt

22.7.12


No longa, Bruno Mazzeo, Marcos Palmeira e Emílio Orciollo Netto conversam sobre o papel do homem diante da nova atitude feminina numa mesa de bar

Alexandre Adoni , especial para o iG 

Está em cartaz nos cinemas brasileiros “E aí Comeu?”. O filme, que já foi visto por quase 1,5 milhão de pessoas, é uma adaptação de peça homônima de Marcelo Rubens Paiva e trata de relacionamentos, mas sob o ponto de vista masculino. Na trama, os três amigos - Bruno Mazzeo, Marcos Palmeira e Emílio Orciollo Netto - costumam se reunir numa mesa de bar para falar sobre sentimentos, medos, anseios e, claro, como não poderia deixar de ser, mulher.

A mulher da mesa de bar

E quem é essa mulher de quem eles tanto falam? É a mulher contemporânea, independente, que vem deixando os marmanjos muitas vezes sem saber como agir: “Hoje a mulher já sabe que pode sustentar uma casa, criar um filho, trabalhar, enfim, ser independente. E o homem, com sua alma historicamente machista, é que ficou perdido, perguntando onde é que ele se encaixa”, diz Bruno Mazzeo.


0 comentários:

Postar um comentário

Estação Música Total

Últimas do Twitter



Receba nossas atualizações em seu email



Arquivo