CALANGOTANGO não é um blog do mundo virtual. Não é uma opinião, uma personalidade ou uma pessoa. É a diversidade de idéias e mãos que se juntam para fazer cidadania com seriedade e alegria.

Sávio Ximenes Hackradt

14.8.12


Diz a manchete do O Jornal de Hoje, em 10/08/2012, “O América foi expulso do RN”, e, mais adiante... ”Quantos times não tem estádio e ficaram na mão por causa da Copa do Mundo ? Isso é maior vergonha que o Rio Grande do Norte já passou no esporte. Um Estado derrubar um estádio e expulsar os times da sua terra, é lamentável”...entrevista do atual presidente do América F.C  em legítimo desabafo pelo começo do fim do futebol do Rio Grande do Norte, como primeiro resultado do prometido “legado” que transformaria Natal em nova Dubai, o RN em exemplo de desenvolvimento, e o Brasil em uma das maiores potencias do mundo.

Moacyr Gomes da Costa  - Natal,11/08/2012

Para tanto, bastaria que a nação se tornasse um simples satélite da FIFA, em parceria com a famigerada, CBF, contando ainda com a cumplicidade dos poderes constituídos, e com o silencio do resto, e aí, com um povo castrado, seria fácil destruir-se sua soberania, seu patrimônio, apagar sua história, sua cultura, seu brio, em troca de estádios faraônicos, mobilidade urbana, segurança, metrôs, VLT”s, hospitais, escolas,  saneamento, Porto, aeroportos, sustentabilidade ambiental, enfim, como dizia a propaganda oficial, tudo isso exclusivamente por conta da iniciativa privada.   E aí começou a esbornia, muitos  milhões de tolos entraram em transe histérico, e alguns milhares de aproveitadores, principalmente políticos, em processo de propaganda enganosa anestesiando esses tolos. Daí, as conhecidas dispensas de licitações, ou licitações “desertas” entraram em ação, superfaturamentos, financiamentos dos bancos oficiais, garantias dos governos sem consulta ao povo, pareceres dos doutos procuradores do Poder, a serviço de interesses escusos e, haja demolições de estádios para fazer outros mais luxuosos nos mesmos lugares, a custo dez vezes maior para apenas alguns dias de eventos de categoria duvidosa, só que, tudo bancado pelo  erário público.


Taí o legado, os clubes locais com 100 anos de existência sacrificada terão que jogar noutro lugar com prejuízo garantido. Essa e outras  vergonhas maiores ainda restam   a serem apuradas  nesta terra potiguar, e no resto do Brasil, ou talvez nunca, dependendo do que possa resultar em termos morais e cívicos desse julgamento do famoso caso “mensalão”.

Permita-me acrescentar Sr. Presidente americano, o América, o  Alecrim e demais filiados à FNF, não têm muito do que se queixar, porque tiveram praticamente 4 anos para fazer uma campanha  junto a suas torcidas, no sentido de que construíssem a Arena dos ricos turistas da FIFA, lá pras bandas da Via Costeira, deixando o  modesto e desprezado Machadão para  sobrevivência  de nosso futebol serie “B” ou “C”.  A pressão dos votos da grande torcida, fatalmente mudaria a cabeça dos políticos, que vivem de votos e não  de bolas (sem trocadilho). Até o glorioso ABC, que  parecia  ufanar-se do despejo compulsório de seu arquirrival, negando-lhe até o aluguel do seu estádio, terminaria aderindo à campanha quando entendesse que o fim  dos seus coirmãos lhe deixaria sozinho,  sem ter com quem jogar a nível local, e findaria por ter que alugar seu  frasqueirão  para rodeios, vaquejadas e festivais mambembes. Da mesma forma, o América, se terminar sua sonhada  “Arena do Dragão”, a médio prazo, talvez não tenha mais futebol para jogar, ficando  seu patrimônio fracionado e igual à África do Sul, sem  saber o que fazer com tantos estádios inúteis.

Queira Deus , que Natal tenha  bastante  “ricos” para sustentar permanentemente shows milionários de  astros internacionais na Arena das Dunas, pois temos que pagá-la, sob o risco de perdermos  tudo e ficarmos apenas com o título de “panacas” do século; lembram-se da ponte da  CEJEN?, ainda somos seus devedores, dependendo de uma  decisão judicial.

Justiça se faça, entre os desportistas locais, Jussier Santos, lutou como pode para evitar essa humilhação, o resto da sociedade, com algumas exceções, nada fez, principalmente as entidades esportivas, por razões mais ou menos obvias.

O que realmente envergonha a todos, é o que resulta dessa farsa que já começa a mostrar a que veio.

Não se acredita mais nesse engodo. Só que, agora é tarde, o defunto estádio já virou “asfalto ecológico”, “ mobilidade urbana”, vai se resumir a fechamento de retornos nos canteiros, “segurança”,  será representada por uma população “encarcerada” por grades e cercas elétricas, as gestantes  continuarão parindo nos corredores dos hospitais públicos, e seus rebentos morrendo de inanição, educação, pra que ?  e, continuaremos  bebendo coliformes  fecais encanados . Os turistas vão adorar. Os mesmos políticos que entregaram nosso patrimônio à perversidade dos vândalos, muitos deles infiltrados na  “cartolagem” esportiva, já estão cinicamente a pedir nosso voto para as próximas eleições. Ficarão impunes ? Serão premiados pelos  crimes que cometeram ? Estes são os desabafos do torcedor indignado e do cidadão envergonhado.

0 comentários:

Postar um comentário

Estação Música Total

Últimas do Twitter



Receba nossas atualizações em seu email



Arquivo