CALANGOTANGO não é um blog do mundo virtual. Não é uma opinião, uma personalidade ou uma pessoa. É a diversidade de idéias e mãos que se juntam para fazer cidadania com seriedade e alegria.

Sávio Ximenes Hackradt

31.3.12


Um dos acusados de envolvimento no furto ao Banco Central (BC) em Fortaleza, Ceará, de onde foram levados R$ 164 milhões - o maior já registrado no País -, foi preso pela Polícia Civil mineira. Rubens Ramalho de Araújo, o Rubão, de 44 anos, estaria planejando novo assalto em Uberaba, no Triângulo Mineiro, e foi localizado em Palmas, Tocantins, após buscas em Minas Gerais e Goiás.

Marcelo Portela, Estadão.com.br

O furto ao Banco Central ocorreu em 2005, quando a quadrilha alugou uma casa vizinha e escavou um túnel até o cofre e fugiu com o dinheiro. Mais de 100 pessoas foram presas acusadas de envolvimento com o crime. Um deles foi Rubão, que chegou a ficar preso no Instituto Penal Paulo Sarasate (IPPS), em Fortaleza, mas escapou em 2008 ao render cinco policiais enquanto era conduzido para prestar um depoimento. Em 2011, ele foi preso no Piauí, mas escapou novamente.

Segundo a polícia, ele ficou com uma parte "pequena" do furto ao BC, porque teria se recusado a passar pelo túnel por causa de uma fobia. No entanto, a "pequena" parte, de R$ 5 milhões, foram suficientes para que ele adquirisse veículos, prédios e fazendas em Tocantins e Piauí. Mesmo assim, ele não abandonou o crime e, em Minas, é acusado de envolvimento em assaltos a bancos e carros-fortes.


0 comentários:

Postar um comentário

Estação Música Total

Últimas do Twitter



Receba nossas atualizações em seu email



Arquivo