CALANGOTANGO não é um blog do mundo virtual. Não é uma opinião, uma personalidade ou uma pessoa. É a diversidade de idéias e mãos que se juntam para fazer cidadania com seriedade e alegria.

Sávio Ximenes Hackradt

8.3.12


No ano em que se comemora oito décadas da conquista do voto feminino, o Congresso Nacional vai aproveitar o Dia Internacional da Mulher, nesta quinta-feira, 8, para lembrar a data e cobrar uma maior participação das mulheres na política.

Isadora Peron, Estadão.com.br

O argumento é o de que, apesar da eleição de Dilma Rousseff para a Presidência da República, a representatividade feminina tanto na Câmara como no Senado ainda é pequena. Dos 513 deputados, apenas 46 são mulheres; dos 81 senadores, 10 são mulheres.

A situação é semelhante na esfera municipal. Segundo levantamento do professor José Eustáquio Alves, da Escola Nacional de Ciências Estatísticas, atualmente as mulheres ocupam menos de 10% das prefeituras. Já nas Câmaras Municipais elas são cerca de 12% dos vereadores. Ele destaca ainda uma pesquisa que realizou logo após as eleições de 2008: em apenas 17 municípios brasileiros, dos mais de 5 mil, as mulheres conquistaram a maioria na Câmara.

Para a deputada (PSB-SP), o cenário atual é uma "vergonha", principalmente porque as mulheres já são maioria do eleitorado. Ela citou ainda o fato de o Brasil ficar na 141ª colocação em um ranking de 188 países que avalia a presença de mulheres na política. Erundina lembrou também que, em fevereiro, a ONU cobrou uma maior participação da brasileira no Congresso.

Segundo especialistas ouvidos pelo Estado, uma maior participação feminina na política passa por uma mudança na cultura dos partidos. Alves destaca que as legendas precisam perceber que está na hora de investir nas mulheres.


0 comentários:

Postar um comentário

Estação Música Total

Últimas do Twitter



Receba nossas atualizações em seu email



Arquivo